Igreja Matriz-2.jpg

 

IGREJA MATRIZ DO

SANTÍSSIMO SACRAMENTO

 A cidade de Itajaí em Santa Catarina teve, como muitas outras cidades brasileiras, sua formação no final do século XIX em torno de uma Igreja. Com seu crescimento e com o passar do tempo, surgiu a necessidade da construção de um novo templo, que não foi motivada apenas por necessidades religiosas.

 

Uma das principais circunstâncias para essa construção foi a intenção de se alterar o sentido do crescimento da cidade para a direção oeste, que até então crescia no sentido norte-sul acompanhando os cursos d'água. Através do estudo de jornais e documentos da época, percebeu-se que as primeiras iniciativas para tal aconteceram no início do século XX, com o prolongamento de ruas e mudança de local do prédio da prefeitura.

 

Na década de 1940, com o início da construção da nova Igreja, chamada de Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento, outra força entrou em cena, a elite. Foi uma grande influenciadora das decisões sobre a construção, que foi finalizada em 1955. Esses anos foram, para Itajaí, de muita prosperidade econômica e desenvolvimento, características que deveriam estar representadas na nova Igreja. Foi possível perceber que, na época, era interessante estar envolvido em uma obra religiosa e que a nova Matriz representava muito mais que somente a fé do povo. Ela representava uma cidade moderna e urbanizada e todos os aspectos da sua construção foram assim direcionados para que pudessem transparecer esses atributos.

 

Quando ficou pronta, a Igreja conseguiu caracterizar o espaço mais moderno de Itajaí, um local em que as pessoas queriam estar e, assim, mesmo durante sua construção, motivou a abertura de novas ruas, a implantação de novos equipamentos e infraestrutura.

Vá de bicicleta
Leve a Família
Acessível
Estacionamento Público
Lugar Histórico
Lugar Fotográfico
Entrada Gratuita
Visita Autoguiada
Mercado Publico.jpg

 

MERCADO PÚBLICO

DE ITAJAÍ

Antiga reivindicação de comerciantes, agricultores e pescadores itajaienses, o Mercado Público começou a ser projetado em 1916, com sua arquitetura eclética e imponente, marcada pela influência dos imigrantes de origem germânica.

 

Inaugurado em 1º de Janeiro de 1917, destinou-se à venda a varejo de gêneros secos e molhados. Em 1936, após um incêndio, foi modificado externamente, demolindo-se os frontões e adaptando-se sua arquitetura ao art-déco, então em voga.

 

Hoje, espaço de tradições populares, lugar comum onde convergem as tradições e os festejos populares como o Carnaval, Festivais de Música e Teatro.
Lugar ideal para encontrar o artesanato da região, além de petiscos e pratos típicos para serem saboreados  no pátio interno do mercado.

 

Ótimo para happy hours e confraternização com os amigos no fim do dia. Realiza encontros culturais e shows musicais.

 
Banheiro Público
Vá de bicicleta
Curta com
os amigos
Leve a Família
Bares
Restaurantes
Espaço Cultural
Música ao Vivo
Mercado do Peixe.JPG

 

MERCADO

DO PEIXE

Sempre movimentado, o Mercado do Peixe tem como principal atração a venda do pescado fresco direto ao consumidor.

 

Localizado ao lado do Mercado Velho, também é possível encontrar lojas de produtos naturais, ervas e restaurantes.

MAIS INFORMAÇÕES

Horário de funcionamento:

Segunda  a Sexta: 7h30 às 18h

Sábado: 7h30 às 14h

Domingo: Fechado

Telefone: (47) 3346-4526

 
Banheiro Público
Vá de bicicleta
Curta com
os amigos
Leve a Família
Acessível
Estacionamento
​Público
Restaurante
Cafeteria
Igreja_Imacula_Conceição.jpg

 

IGREJA

NOSSA SENHORA

DA CONCEIÇÃO

A Igrejinha Velha, como é conhecida, é a mais significativa edificação arquitetônica do município, por seu valor histórico.

 

Interditada desde 2013, após o desabamento do teto, a reforma e revitalização do local foi concluída e entregue à comunidade em 2018.Características originais como a cor e detalhes internos foram preservadas, trazendo um resgate de parte da história de Itajaí.

Situada onde ficava a primeira capela de Itajaí, a Imaculada Conceição foi construída em 1824, por Simeão, escravo do coronel Agostinho Alves Ramos. A edificação tornou-se a mais significativa e antiga do município, levando o nome de sua padroeira.

 

No local é possível apreciar várias obras do artista plástico local Dide Brandão, como painéis e pinturas de arte sacra. No seu interior, há vários crucifixos e diversas imagens esculpidas em madeira do século 19.

MAIS INFORMAÇÕES

Telefone:  (47) 3348-5431

Banheiro no
local
Estacionamento
​Público
Leve a Família
Lugar Fotográfico
Vá de bicicleta
Acessível
Lugar Histórico
Casa da Cultura Dide Brandao.jpg
 

 

CASA DA CULTURA

DIDE BRANDÃO

A Casa da Cultura Dide Brandão foi inaugurada em 1982, onde então funcionava a Escola Básica Victor Meirelles, cedido pelo Governo do Estado de Santa Catarina, a Casa nasceu com o objetivo de elevar o nível intelectual da comunidade, por meio de vivência cultural constante; oportunizar ocasiões de ensino-aprendizagem estético e propiciar o desenvolvimento do seu senso crítico através do ensino de diversas linguagens artístico-culturais, por meio de cursos, oficinas e espetáculos.

 

A Casa da Cultura mantém sala de leitura, biblioteca, salas de aula, salas de estudo, auditório e galerias, onde são mostradas diversas formas de atividades artísticas, dando espaço para artistas locais e de outras regiões.

 

A instituição oferece cursos de Dança (Ballet e Jazz) de Música (Violão, Guitarra, Bateria, Gaita de Boca, Violino, Coral, Técnica Vocal, Teclado, Piano) Cênicas (Teatro e Clown) e Plásticas (Desenho, Pintura em tela e Cerâmica).

MAIS INFORMAÇÕES

Telefone: (47) 3349-1665

Espaço Cultural
Banheiro Público
Ponto Turístico
Acessível
Vá de bicicleta
Estacionamento
Público
Visita Autoguiada
Leve a Família
Fonte
Apreciação de
fachada
Lugar Fotográfico
Lugar Histórico
Entrada Gratuita
Casa Malburg.jpg
 

 

CASA

MALBURG

A casa foi construída em frente ao rio Itajaí-Açu, pelo arquiteto Renhold Roenick, contratado por Bruno Malburg, sua construção foi finalizada em 1915. Além da moradia da família, havia o comércio onde se vendia desde azeite e vinho do Porto até tecidos e porcelanas. 
 
No ano de 1986, a Casa Malburg sofreu um incêndio que destruiu parcialmente sua estrutura. A partir de 1990, com um movimento em prol do casarão, a Receita Federal restaurou a edificação e ali passou a funcionar a Delegacia da Receita Federal.
 
A mansão chama atenção por sua arquitetura esplendorosa, além disso o edifício apresenta janelas guarnecidas por duas folhas de abrir para dentro no estilo francês

CRONOLOGIA

HISTÓRICO ARQUITETÔNICO

1860 - A Cia. Malburg S/A foi fundada por Nicolau Malburg, um dos muito imigrantes alemães que se estabeleceram em Itajaí.
1915 - A família de Bruno Malburg mudou-se para a casa assim que foi concluída a obra com muitas dependências, onde serviu até 1937 como moradia. 
1937 - Passa a ser a sede da Cia. Malburg S/A. 
1938 - 1948 - Parte da família Strenzel instalou-se ali como um hotel/pensão. 
Década de 60 - A empresa faliu.
1980 - Sofreu incêndio. 
1988 - Criou-se a comissão "pró-reconstrução do Casarão Malburg". 
1989 - 1992 - Termina a restauração* às expensas da Receita Federal e são instalados os seus escritórios.

*A responsabilidade de restauro da casa coube ao engenheiro Edy Genovese Luft e sua equipe.

Apreciação de
fachada
Estacionamento
​Público
Lugar Fotográfico
Casa Lins .jpg
 

 

CASA

LINS

Instituída em 1976, a Fundação Genésio Miranda Lins, é a primeira instituição pública de Itajaí voltada aos fins culturais. Em mais de 35 anos, promove, apoia, incentiva e patrocina ações nos campos da educação, cultura e áreas correlatas, capacitando seu corpo técnico e ampliando seus acervos.
 
Instalado definitivamente em 2001 na Casa Lins e no prédio anexo, abriga o Arquivo Público de Itajaí (criado em 1985), composto pela Biblioteca de Apoio, Hemeroteca, Acervo Iconográfico e pela documentação pública de caráter permanente do Município, contando, ainda, com setores de Conservação e Restauro, Laboratórios de História Oral e Editoração e Educação Patrimonial.

 

Local de pesquisa por excelência, atende a estudiosos e acadêmicos do Estado de Santa Catarina e de outros Estados da Federação que buscam fontes documentais para seus trabalhos.

MAIS INFORMAÇÕES

Visita com agendamento: Segunda a sexta-feira 14h às 18h

Telefone: (47) 3348-1886 /  (47) 3349-7573

CRONOLOGIA

HISTÓRICO ARQUITETÔNICO

1976 - Cedida por Genésio Miranda Lins para ser instalado o “Núcleo de Animação Cultural de Itajaí”, mais tarde transferido para a Casa da Cultura Dide Brandão).
1977 - O MOBRAL passou a funcionar no local.
1983 - A Fundação Genésio Miranda Lins, ocupa a casa para a seleção e guarda de documentação do Arquivo Histórico e Gabinete de Arte. 
1985 - A Fundação Genésio Miranda Lins cede a casa para a instalação da PROARTE de Itajaí, que ministrava cursos de música e artes plásticas. A PROARTE ficou ali até o final de janeiro de 2000.
1995 - Doação do imóvel à Fundação Genésio Miranda Lins através da escritura pública em 30 de agosto de 1995.
2000 - Início das obras de restauro da casa e construção do anexo para ser instalado o “Centro de Documentação e Memória Histórica Genésio Miranda Lins”, para abrigar o Arquivo Histórico de Itajaí, Biblioteca de Apoio, Hemeroteca, Seção de Iconografia, Coleções e Fundos Privados, Laboratórios de História Oral e de Restauração de Documentos Gráficos.

Local acessível
Entrada Gratuita
Casa Burghardt.jpg
 

 

CASA

BURGHARDT

Inserida numa das mais antigas ruas de Itajaí, a Lauro Muller, esta casa possui grande importância histórica para a cidade.

 

Construída em 1902, tem estilo eclético de influência germânica. Destaca-se pelos 4 frontões, onde cada pavimento é tratado de forma diferenciada.

 

Os frontões que arrematam as extremidades das áreas do sótão receberam um esmerado tratamento de curvas e ornatos próprios do barroco alemão,na parte térrea funciona uma Galeria de Artes aberta ao público.

CRONOLOGIA

HISTÓRICO ARQUITETÔNICO

1902 - Término da construção da casa. August Heinrich Ernest Henry Hundt e sua esposa Matilde ocupam a csa, que além de residência também era comércio de tecidos, brinquedos e perfumaria. “Casa de louça de Harry Hundt”
1903 - Henry Hundt viaja para Alemanha e falece em Hamburgo. Sua esposa continua na casa dirigindo os negócios.
1910 - Matilde Hundt, casa-se com Nikolau Burghardt e passa a usar seu sobrenome
1955 - Falecimento de Matilde Burghardt.
1960 - Na década de 60,a casa foi ocupada pelo Seares Bar que permaneceu como um ponto de referência na cidade até a década de 1970.
Durante algum tempo a casa ficou fechada e depois adquirida pela empresa Votorantim, de que, entretanto não chegou a ocupá-la
1996 - A empresa Votorantim fez a doação ao Município
1999 - No início de Janeiro, é iniciada a restauração da casa. Em 05 de novembro, foi inaugurada a Fundação Cultural de Itajaí e a Galeria Municipal de Arte, situada no térreo.

Banheiro no
local
Estacionamento
​Público
Visita Autoguiada
Ponto Turístico
Acessível
Leve a Família
Lugar Fotográfico
Lugar Histórico
Entrada Gratuita
Casa Konder.jpg
 

 

CASA

KONDER

A Casa data do final do século XIX. É uma das edificações tombadas pelo patrimônio histórico da cidade. Abrigou uma família de imigrantes ativos na vida política republicana (Família Konder). Ao longo do século XX, a edificação teve muitos outros usos. 

 

A denominada “Casa Konder” foi uma das primeiras construções realizadas pelo arquiteto alemão Reinhold Roenick. Tal edificação foi construída com o objetivo de tornar-se a segunda residência de Marcos Konder, o patriarca da família Konder, antes de sua última viagem à Alemanha, porém o mesmo nunca chegou a morar neste espaço uma vez que acabou por falecer ao aportar no porto alemão de Hamburgo. Em 1910 a “Casa Konder” passa a ser sede do Comitê Civilista Pró-Rui Barbosa criado por Marcos, Adolpho e Victor, filhos de Marcos Konder, desde então a casa passou a abrigar personagens políticos das esferas municipais, estaduais e federais. A algumas décadas a casa foi adquirida pela Caixa Econômica Federal e restaurada em 1980.

 

Localizada na Rua Lauro Müller, 83, a edificação compõe um conjunto arquitetônico que documenta o surto desenvolvimentista entre o final do século XIX e início do XX. Os edifícios que compõe este conjunto são ecléticos, ligados a atividade portuária que ali se desenvolveu pela valorização da Erva Mate e da Madeira, e apresentam características de influência alemã e italiana. Esta edificação em especifica guarda traços neoclássicos, marcado pelas colunatas, frontão reto na fachada principal e arcos plenos de suas aberturas. O eixo de simetria é reforçado pela mansarda que se estende até o alinhamento da fachada, possuindo uma sacada de gradis ferro.
Fonte: UDESC.

CRONOLOGIA

HISTÓRICO ARQUITETÔNICO

1898 a 1904 - Início e término da construção da casa.
1910 - Fundado o primeiro Comitê Civilista Pró-Rui Barbosa.
Década de 50 - Numa das salas, funcionou a Biblioteca do Centro Cultural.
1980 - Início da parceria com a Caixa Econômica Federal.
1998 - Vira sede do Arquivo Histórico e Espaço Cultural.
2001 - O Arquivo Histórico é transferido para a Casa Lins.

Apreciação de
fachada
Estacionamento
​Público
Vá de bicicleta
Ponto Turístico
Acessível
Leve a Família
Lugar Fotográfico
Lugar Histórico
Carmelo Santa Teresa.jpg

 

CARMELO

SANTA TERESA E DA

DIVINA MISERICÓRDIA

O Carmelo de Santa Teresa segue uma Ordem Religiosa surgida há setecentos anos na Espanha, na cidade de Itajaí, a inauguração do Convento aconteceu dia 1º de janeiro de 1986.

 

Enclausuradas, em vida de recolhimento e oração, as irmãs carmelitas dedicam suas vidas aos trabalhos comunitários, atividades de casa, jardinagem, produção de terços, escapulários, pinturas, confecções em gessos e bordados. No mesmo local, é possível visitar a Gruta de São Miguel Arcanjo

MAIS INFORMAÇÕES

Horário de funcionamento:

2° a  6° das 08h30 às 10:30 e das 13h  às 18h 

Sábado 08h30 às 10h30 e das 13h às 19h

Domingo 08h30 às 10h30 e das 13h às 16h30
Telefone:  (47)  3348-7343
Site: https://www.carmelosantateresa.com.br

E-mailir.cristymariadatrindade@hotmail.com

 

GRUTA DE

SÃO MIGUEL

A Gruta de São Miguel Arcanjo foi inaugurada no dia 29 de setembro de  2019, pelo arcebispo Dom Wilson, no Carmelo Santa Teresa de Itajaí.

 

A imagem do arcanjo, esculpida em madeira itaúba pela artista plástica Suzi Thaler, de Treze Tílias, tem aos pés uma fonte com uma pedra ametista em formato de coração, pesando cerca de meia tonelada.

 

A gruta está aberta à visitação diariamente, das 8h30min às 10h30min e das 13h às 16h30min.

Banheiro no
local
Estacionamento
​Público
Leve a Família
Lugar Fotográfico
2.jpg

 

CAPELA

SANTA TERESINHA

A Capela foi construída em 1920, sob a liderança de três senhoras itajaienses, Dona Ana Fontes, Dona Ana Reis e Dona Ana Werner, que  juntas iniciaram um movimento para a construção de uma capela dedicada a Santa Ana. 

 

No entanto, por volta dos anos 50, Irineu e Marieta Bornhausen, presentearam a capela com uma nova imagem da Santa Terezinha, fato que com o passar do tempo colaborou para que a Capela ficasse conhecida com o seu nome. 

 

Em meia a mata, do alto de sua escadaria tem-se uma visão panorâmica da Praia de Cabeçudas.

Estacionamento
​Público
Leve a Família
Lugar Fotográfico
Vá de bicicleta
 
IMG-20201020-WA0030.jpg

 

BIBLIOTECA PÚBLICA

SILVEIRA JÚNIOR

A Biblioteca Pública Municipal e Escolar Norberto Cândido Silveira Jr., localizada na cidade de Itajaí/SC, representa um importante portal de ingresso da comunidade que busca a informação, o conhecimento, a cultura e o lazer.

 

Sua implantação ocorreu no ano de 2000 envolvendo o poder público municipal em parceria com a iniciativa privada a fim de atender à demanda crescente de uma cidade que atingia aproximadamente 140.000 habitantes; complementando desta forma as fontes de informação e ensino consolidadas, tais como a Universidade do Vale do Itajaí, Museu Histórico, Centro de Documentação e Memória Histórica, Escolas Particulares, Estaduais e Municipais.

 

A Biblioteca foi instalada num prédio histórico de arquitetura germânica da década de 1920, tombado por meio do Decreto n° 5.910 de 27 de abril de 1999, situado na Praça da Bíblia, esquina da Rua Heitor Liberato com a Avenida José Eugênio Müller denominado “Fábrica de Tecidos Renaux”. Definido como prédio ideal para implantação da Biblioteca Pública Municipal e Escolar, em parceria com a Petrobras, recebeu reforma para as adequações necessárias ao seu funcionamento.

MAIS INFORMAÇÕES

Horário de funcionamento:De 2ª a 6ª das 13h às 19h
Telefone: (47) 3348-3322
Site: https://biblioteca.itajai.sc.gov.br

Banheiro no
local
Vá de bicicleta
Leve a Família
Ponto Turístico
Acessível
Leve a Família
Lugar Fotográfico
Lugar Histórico
Entrada Gratuita

SETUR - Secretaria Municipal de Turismo e Eventos

(47) 3348-1080

turismo@itajai.sc.gov.br

Copyright © 2020 Visite Itajaí   |   Todos os direitos reservados.